APOIO AO ALUNO INOVAÇÃO TOUR VIRTUAL
UNIARAXÁ VIRTUAL

Inovação & Empreendedorismo

A inovação, suportada por pessoas e tecnologias, é a pauta principal do UNIARAXÁ. Buscamos, de maneira contínua, a melhoria da vida das pessoas por meio de ferramentas, técnicas e da ciência. Para tanto, nossa comunidade respira inovação. O nosso papel como instituição de ensino de referência é levar à comunidade, conhecimento, saber e oportunidades de inovar e empreender, na busca por um amanhã melhor.

Veja abaixo o que fazemos e como estamos contribuindo para um novo amanhã.

Pesquisa com biodiversidade em rodovias: atropelamentos de animais, mitigação e inovação

Pesquisa com biodiversidade em rodovias:  atropelamentos de animais, mitigação e inovaçãoProf. Dr. Carlos Henrique de Freitas Com a advento das locomotivas, dos veículos motorizados e das ferrovias e rodovias que se expandiram exponencialmente, milhões de animais são atropelados e mortos em um período curto de tempo.Assim, o que levou milhões de anos para ocorrer com a evolução das espécies, pode desaparecer em algumas décadas e todo o trabalho de conservação da natureza se perde! E no Brasil megadiverso, com mais de 1,7 milhões de quilômetros lineares de rodovias, isso não é diferente! Então qual seria a solução?! A resposta não é simples, mas implica em muita expertise e inovação. Desde há mais de 30 anos, o Brasil tem registrado atropelamentos de animais silvestres em rodovias e diversos estudos apontam que o problema pode ser maior, pois muitos animais morrem e, por serem muito pequenos, são rapidamente removidos por necrófagos ou se decompõem nas estradas antes de serem registrados, enquanto outros são lançados para fora da rodovia ou então morrem em locais de difícil visualização. Além disso, há o efeito barreira, uma descoberta nas pesquisas em Ecologia de Estradas, que muitos animais de várias espécies diferentes fogem das rodovias ou as evitam devido ao tráfego intenso de veículos e isso gera o isolamento das populações naturais, separando-as em ilhas margeadas por rodovias, o que leva, com o tempo, ao declínio genético das populações locais e, em escala regional, pode afetar as espécies, sua distribuição e persistência, o que pode levá-las à extinção.   Diante de tamanho problema, surgem no mundo e no Brasil, as medidas mitigadoras, que são uma inovação para a contenção e o controle dos atropelamentos. Estas medidas buscam deixar as estradas mais permeáveis à fauna, além de mais seguras para os usuários, com a proteção da vida em sua integralidade. Muitas destas medidas já são aplicadas no Brasil, inclusive com análise de custo/efetividade.São passagens sobre a rodovia ou por baixo dela, tais como pontes vegetadas (1ª inaugurada no Rio de Janeiro em 2020), passagens para anfíbios, pontes de corda para animais arborícolas (muito usadas na amazônia e até mesmo no interior do país, em Guareí-SP), túneis e bueiros para grandes animais, todas com o uso de cercas e telas para direcionamento dos animais, além de placas de sinalização (Mato Grosso), lombadas, sinais sonoros, entre outros. Em geral, quanto mais simples é a medida, menor é seu custo, mas menor ainda a efetividade. Consideremos o uso de placas, por exemplo, que depende muito da resposta do motorista que tende a se acostumar com a presença das mesmas e com o tempo, deixa de reduzir a velocidade ou evitar os atropelamentos. Há ainda a questão que os animais podem migrar ou mudar de local e, junto com eles, também ocorrem mudanças espaciais e temporais nos locais dos atropelamentos, portanto, ao se implantar uma única passagem, pode ocorrer de a mesma não cumprir sua função para todas as espécies e nem mesmo para uma, já que os animais podem migrar para outros ambientes e a passagem perder sua efetividade. Deste modo, seria importante construir diversas passagens e implantar medidas conjuntas que possam, de forma integrada, proteger as diversas espécies em um trecho maior da estrada e ao longo do tempo. Entretanto, este processo, consumiria muitos recursos financeiros, que muitas vezes não estão disponíveis.     Eis que surge mais uma ótima ideia, que já é mesmo uma inovação na Ecologia de Estradas brasileira, que é o uso de passagens hídricas pela fauna. Estas passagens são construídas ao largo da rodovia, para permitir a drenagem da água e evitar que haja acumulação, degradação das margens e do pavimento e erosão. Já há estudos comprovando que diversas espécies da fauna usam estas passagens no Brasil e em outros locais do mundo e que podem ser adaptadas para uso pela fauna, com baixo custo efetividade. Na região de Araxá, foram feitas pesquisas de iniciação científica pelas alunas do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária do UNIARAXÁ, Scarlat Dalva Ferreira e Lerrane de Fátima cunha acompanhadas pelo aluno Jorge Ferreira Lima Neto com apoio da FAPEMIG, sobre atropelamentos e uso de passagens hídricas pela fauna. Uma das pesquisas monitorou durante um ano (Mar-2017 a Fev-2018), o uso de quatro passagens hídricas pela fauna (duas pontes e dois bueiros) na rodovia MG-428 que liga Araxá a Sacramento e Rifaina-SP.Neste estudo, com o uso de câmeras de espera, foram registradas 32 espécies de vertebrados terrestres nas passagens e 16 comprovadamente utilizando-as, entre elas 13 espécies de mamíferos, sendo duas delas ameaçadas de extinção (Tamanduá-bandeira e Jaguatirica), duas de aves e um réptil (vide FOTOS e tabela na pesquisa anexa - link).Este número poderia ser bem maior se as passagens fossem adaptadas, com uso de telas e cercas e a colocação de rampas internas, pois muitos animais não as atravessam em certas épocas do ano, por estarem inundadas com a água ou simplesmente não as usam, devido ao acesso a rodovia ser mais fácil, já que não há direcionamento com as cercas.Estas medidas seriam mais uma etapa inovadora na Ecologia de Estradas brasileira, pois o uso das passagens hídricas adaptadas teria um custo bem menor, com uma efetividade maior, já que as passagens já foram construídas e a fauna as usa em alguns momentos, como na pesquisa da aluna Scarlat. Resta saber se com a adaptação, este uso se ampliaria no espaço e no tempo e levaria a maior proteção da fauna e a segurança dos usuários das rodovias. Muitos estudos já realizados, apontam para este caminho inovador! Para saber mais: Portal G1. Mico-leão-dourado ganha 1º viaduto vegetado do Brasil, uma ponte para o futuro da espécie. Disponível em: https://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/noticia/2020/08/02/mico-leao-dourado-ganha-1o-viaduto-vegetado-do-brasil-uma-ponte-para-o-futuro-da-especie.ghtml  Acesso em 27/06/2022. Pesquisa FAPESP. Passagem de animais sobre rodovia evita atropelamento de primata ameaçado de extinção, confirma estudo. Disponível em: https://agencia.fapesp.br/passagem-para-animais-sobre-rodovia-evita-atropelamento-de-primata-ameacado-de-extincao-confirma-estudo/38883/   Acesso em 27/06/2022. SEMA Mato Grosso. Sema instala sinalização orientativa e informativa em Chapada dos Guimarães. Disponível em: http://www.mt.gov.br/-/5203223-sema-instala-sinalizacao-orientativa-e-informativa-em-chapada-dos-guimaraes Acesso em 27/06/2022                                                               FOTOS                                                                                                                                


29/06/2022 16:06

Artigo publicado no XX Simpósio Luso-Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental

É com muito orgulho que chegamos na fase de publicação do nosso trabalho. Aprovado para apresentação oral no congresso internacional (XX Simpósio Luso-Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental), as alunas de Engenharia Civil do Uniaraxá, Maria Beatriz Caetano e Amanda Borges, se preparam para o grande momento que será na próxima semana. O projeto é desenvolvido no Uniaraxá sob coordenação da professora Dra Lorena Guimarães e apoio da prof Ma. Lorena Miranda, em parceria com a COPASA e FAPEMIG, se trata da recuperação de subprodutos (como biopolímeros) do lodo de esgoto, inserindo o saneamento na economia circular. Isto sim é exemplo e modelo de Inovação! Parabéns a todos os envolvidos. Seguem algumas fotos do projeto!          


29/06/2022 16:06

VISITA FELUMA - COOPERAÇÃO TÉCNICA

"Cooperação em prol da excelência na educação e formação profissionalA Direção do UNIARAXÁ esteve em BH, no último dia 16 de junho, em visita à Fundação Educacional Lucas Machado/FELUMA, mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, tradicional Faculdade mineira, fundada há mais de 70 anos e de expressiva credibilidade pela excelência na educação em saúde. O encontro entre representantes das duas instituições foi pautado pelo respeito, admiração mútua e troca de experiência nos campos acadêmico, científico e técnico, em prol do ensino e da formação profissional.Durante a visita, a equipe do   UNIARAXÁ conheceu as unidades de ensino da Faculdade de Ciências Médicas - MG, com destaque para sua infraestrutura física e pedagógica destinada aos seus cursos de graduação e pós-graduação, incluindo serviços acadêmicos, salas de aula e laboratórios em geral, com destaque ao LABSIM, moderno laboratório de habilidades e simulação realística. Certamente, uma valiosa oportunidade de troca de experiências na gestão de cursos, processos e utilização de metodologias avançadas de ensino.Em recente visita ao UNIARAXÁ, o Presidente da Feluma, Dr. Wagner Eduardo Ferreira, acompanhado de membros da equipe de gestores do sistema educacional da Fundação, já havia manifestado a intenção de viabilizar esta cooperação, baseando-se sobretudo na similaridade de propósitos e valores das duas instituições.Consagrando este memorável e proveitoso encontro das duas instituições, foi celebrado e formalizado Memorando de Entendimentos voltado para a cooperação técnica e acadêmica nas áreas de graduação e pós-graduação. Desta forma, a partir desta iniciativa,  o   UNIARAXÁ e a Fundação Educacional Lucas Machado (Feluma) estão, juntas, mobilizadas na construção de uma agenda de trabalho para operacionalização deste compromisso." 


24/06/2022 16:06

ExpoQueijo

 Aconteceu a sensacional ExpoQueijo Brasil 2022, esteve presente O UNIARAXÁ,  com um stand onde mostrou aos visitantes da exposição diversas atividades de inovação do Agro 4.0, sobre as áreas de atuação do Engenheiro Agrônomo, últimas tecnologias aplicadas nas áreas de produção agropecuária e orientações aos produtores de várias áreas, com a presença do coordenador Professor Taylor,  professores e alunos do curso de agronomia.  Durante o evento, o coordenador Professor Pablo, apresentou atividades inovadoras com equipamentos de alta tecnologia como o uso de Vant no campo, mostrando as imagens na TV e da impressora 3D produzindo peças foram apresentadas para os visitantes. Estas tecnologias estarão presentes no Centro de Inovação de Araxá, caso o projeto seja consolidado.  O concurso reuniu mais de 800 queijos de vários estados e países e o queijo italiano Bra Duro Dop é o campeão Super Ouro do Araxá International Cheese Awards.  O Governador Romeu Zema esteve presente no evento e está ao lado do coordenador do curso de agronomia do UNIARAXÁ, Taylor Lima. #uniaraxa#inovauniaraxa#inovaaraxa#finep#prefeituramunicipaldearaxa https://www.instagram.com/p/CejIO9Su0A0/?igshid=MDJmNzVkMjY=      


09/06/2022 17:06

Café com Ciência - "Mesa Redonda: Representatividade Política e Cidadania"


08/06/2022 15:06

MAIS PUBLICAÇÕES

Nosso objetivo é oferecer educação de qualidade e estimular o desenvolvimento das habilidades necessárias para que possam atingir resultados nas carreiras escolhidas.

Oportunidades Empregos e Estágios

22 set 2022
072/2022

Vaga de estágio para alunos cursando a partir do 2º período do curso de Administração. Interessados deverão cadastrar o currículo no endereço https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdM_Ic7LCTM1kfniP8h-JHRmn3dNcTpSwmkZ7TOlvEuFLs2vg/viewform até dia 18/11/2022

14 set 2022
071/2022

Vaga de emprego para alunos cursando Ciências Contábeis ou Administração. Interessados deverão encaminhar currículo para cobranca@solez.com.br até dia 21/09/2022

05 set 2022
070/2022

Vaga de emprego para alunos cursando a partir do 4º período de Ciências Contábeis ou Administração. Interessados deverão encaminhar currículo para rh@ultratecaraxa.com.br ou comparecer na empresa no endereço Av. José Ananias de Aguiar nº 1.905 - Bairro Amazonas - Araxá/MG

02 set 2022
069/2022

Vaga de emprego para alunos dos cursos ligados a área de Tecnologia. Interessados deverão encaminhar currículo para karla.santos@selbetti.com.br com o título "Auxiliar Técnico - Araxá/MG" até dia 09/09/2022


068/2022

Seleção pública de estagiários e cadastro de reserva para alunos do 5º ao 9º período do curso de Direito. As inscrições serão realizadas de 01/09/2022 a 13/09/2022 através do endereço eletrônico https://forms.office.com/r/JMxb0bhiTU. Antes de efetuar a inscrição, o candidato deverá conhecer a Resolução PGJ nº 48/2021 e este Edital. Todas as instruções, convocações e avisos relativos à seleção regida por este Edital serão divulgados na página do MPMG, por meio do link https://www.mpmg.mp.br/portal/menu/servicos/concursos-e-estagios/estagios/processos-seletivos.shtml. Para a solução de qualquer problema na inscrição ou convocação, o candidato deverá entrar em contato pelo e-mail estagio-inscricao@mpmg.mp.br ou pelo telefone (31) 3330-9996. Acesse o edital 595/2022 em: https://www.mpmg.mp.br/portal/menu/servicos/concursos-e-estagios/estagios/processos-seletivos/controle-de-processos-seletivos/a/araxa.shtml

26 ago 2022
067/2022

Vaga de emprego para alunas cursando a partir do 3º período dos cursos de Administração ou Ciências Contábeis. Interessadas deverão encaminhar currículo para o e-mail curriculos@institutokatiapaiva.com.br ou através do site www.institutokatiapaiva.com.br/curriculos até dia 01/09/2022

Notas e Comunicados

Novo!

Acesse a Disciplina COVID-19 no UNIARAXÁ VIRTUAL para maiores informações sobre o retorno das aulas.

RETORNO ÀS AULAS PRESENCIAIS ESTÁ ADIADO Em cumprimento ao decreto nº 110 da pref. municipal de Araxá...

Boas vindas do Reitor

O UNIARAXÁ APRESENTA: CENTRO CULTURAL Saiba mais!

Em Parceria com o Ministério da Cultura e CBMM, o UNIARAXÁ está construindo um moderno Centro Cultural.

O Centro Cultural do Uniaraxá contará com uma área construída de 6239,24m² sendo uma Biblioteca de 2101,70m² e um teatro de 4137,54m² com capacidade para 630 espectadores.

Prof. Me. José Oscar de Melo
Reitor

O UNIARAXÁ - Centro Cultural

Em Parceria com o Ministério da Cultura e CBMM, o UNIARAXÁ está construindo um moderno Centro Cultural.